• Flavia Kury - Interiores Corporativos

As vantagens econômicas do design biofílico no local de trabalho.

Entenda como utilizar a biofilia como uma forma barata e sustentável de se agregar benefícios na saúde dos usuários e por consequência, no resultado da empresa. Prossiga a leitura e saiba como.


Formas orgânicas, uso da madeira, luz natural e algumas plantas tornam este ambiente mais agradável e produtivo.

Nos últimos meses temos ouvido muito sobre o futuro dos espaços de trabalho. E muito meeeeeesmo!


Sempre se buscou por economia e alta produção mas, agora, novas variantes e desejos despertam esses questionamentos: a valorização do ser-humano, o aumento da busca pelo bem-estar, a percepção de espaços exageradamente construídos, aumentos de stress e "burn-out", também a economia, porém com a nova visão dos trabalhos remotos, saúde física e mental como vetores de criatividade e produtividade.

Os novos espaços para atenderem a essas demandas devem buscar: flexibilidade de layout, variedade de espaços onde o colaborador possa escolher a forma como quer trabalhar (em pé, sentado, em grupo, focado, em reunião presencial, em reunião remota), o projeto pode acolher um espaço integrativo e aberto mas deve incluir ambientes para foco e concentração. Buscar a luz natural e algum contato com a natureza e vistas que mantenham o ciclo circadiano regular.

É certo que a tecnologia vai ditar muitas novas possibilidades de layouts, e aqui falamos das tecnologias disponíveis aos usuários dos espaços durante o seu trabalho, que fará com que o seu cotidiano seja variável e por isso, o layout também deverá ser.

Mas todas as discussões convergem para um único ponto, que tem a ver com a nossa história como serem humanos, e que devemos manter sempre por perto: a natureza!

Você já ouviu falar em biofilia?


A produção “Biofilia – Em busca da conexão” trata da integração das cidades com o meio ambiente e a inclusão de elementos naturais nos projetos arquitetônicos e interiores.


O termo “biofilia” vem do grego e é traduzido como “amor à vida / às coisas vivas”. Assim, entende-se que o design biofílico visa trazer a natureza para dentro dos ambientes construídos.


Por meio da arquitetura biofílica e do design biofílico é possível estar em contato, interagir e relacionar-se com a natureza mesmo estando no trabalho. E isso pode trazer resultados impressionantes tanto para os profissionais quanto para as empresas.


Em um artigo sobre o tema publicado em 2012 pela empresa de consultoria ambiental Terrapin Bright Green, é ressaltado que "incorporar a natureza em construções não é apenas um luxo, mas um sólido investimento econômico em saúde e produtividade”. Essa afirmação é embasada em pesquisas neurológicas aprofundadas, evidências fisiológicas e estudos de casos desenvolvidos nos últimos 25 anos. Conheça mais sobre esta pesquisa aqui

Dentre diversas informações relevantes, o artigo mostra que a arquitetura biofílica no ambiente de trabalho atua na diminuição do estresse. Também, ajuda a manter a pressão arterial nos níveis adequados, aperfeiçoa funções cognitivas, aumenta o foco e a resistência mental.


https://www.anualdesign.com.br/blog/14908/biofilia-na-arquitetura-l-documentario-completo/

Ainda, o design biofílico desempenha um papel notável na melhora do humor e na evolução das taxas de aprendizado. A consequência disso tudo? Maior produtividade e satisfação por parte dos colaboradores.


Para chegar a essas conclusões, o artigo analisou sete indicadores de eficácia nas empresas, sendo eles:


· Doença e absenteísmo;

· Retenção de pessoal;

· Desempenho no trabalho (estresse mental / fadiga);

· Taxas de cura;

· Taxas de aprendizagem em sala de aula;

· Vendas no varejo;

· Estatísticas de violência.


Verde que abraça e encanta nessa mistura de cor. Aplicado para separar o administrativo da área de descompressão

Quando ligadas à arquitetura biofílica, todas essas métricas trouxeram ganhos notáveis para as empresas. Assim, puderam ser positivamente utilizadas para o aumento do lucro das companhias.


Como conclusão aos estudos e artigos apresentados, fica claro que a biofilia, quando bem aplicada, é positiva para todos os envolvidos:


  • Para os profissionais, que passam a atuar em um ambiente mais positivo e estimulante, que promove bem-estar e conforto;

  • Para as empresas, que contam com uma equipe mais motivada, bem-humorada e com as funções cognitivas mais aguçadas. Consequentemente, essa corporação tem a sua capitalização aumentada.

Segundo outro famoso artigo The Global Impact of Biophilic Design in the Workplace, amplamente divulgado pela HUMAN SPACES citou que: “pesquisas confirmam a preferência humana pelo ambiente natural, ao invés do construído. Por exemplo, quando solicitadas a descrever a cidade ideal, as pessoas escolhem características não-urbanas com mais frequência, principalmente vegetação”.


Proporcionar ambientes confortáveis e com alguns toques inspirados na natureza pode ser uma importante ferramenta para empresas que buscam melhores resultados já que profissionais trabalham melhor e são mais produtivos quando estão em um ambiente inspirador.

Aqui a biofilia como alternativa ao design em época de Pandemia: Quadros com imagens de flores como divisores.

Segundo outro artigo científico que venho estudando (veja fonte no final do post), sobre o uso da madeira em sua forma natural ou não para impactar positivamente a saúde, verificou-se que o cérebro humano busca sozinho por referências ancestrais de aconchego, chegando a se auto enganar na maioria das vezes, assim, utilizar materiais e imagens que remetam a natureza também possuem o mesmo efeito que o original, então, utilizar um piso frio ou carpete ou vinílico que tenham impressão de madeira trazem a mesma sensação da madeira natural ou pedras naturais, utilizar imagens de natureza em pinturas e quadros também podem substituir plantas naturais, formatos orgânicos em painéis e mobiliários podem remeter aos formatos montanhosos, entre muitas outras alternativas.



Divisores arredondados e muitos plantinhas pra filtrar o ar.

O toque biofílico não precisa estar espalhado por toda a empresa, pode estar concentrado num ambiente especial, onde todos os usuários o enxerguem durante o dia como numa escada, no acesso aos elevadores, nos halls de entrada, na área de descompressão. Vale lembrar que quanto mais fácil o acesso maiores os benefícios!


Plantas bem integradas ao concreto e a madeira trazem conforto e alegria

Muitos fornecedores já adaptaram suas coleções a este tema, o que nos traz uma gama enorme de produtos e possibilidades.

Sabem aquelas paradinhas ativas, a cada 30 minutos, onde por alguns segundos vc apenas desvia seu olhar das telas? Ou quando vc quer uma inspiração bem rápido....ou lembrar alguma coisa............então, se você nesse momento, desviar seu olhar para um elemento que remeta a natureza, mesmo que por segundos, isso fará com que seu cérebro seja imediatamente mais irrigado e sua energia cerebral recarregada por mais tempo! Experimente e comprove!

Esta sala de reunião ganhou mesa em madeira maciça. Biofilia que aguça a visão, o olfato e o tato.

A cafeteria foi a área escolhida para receber plantas. Localização estratégica ao alcance de todos!

Biofilia no detalhe das plantinhas e no piso de madeira

Até mesmo as gigantes do Vale do Silício já contam a biofilia em seus impactantes escritórios, lojas e produtos.

Loja da Apple em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos

A neurociência vem apresentando muitos estudos que comprovam a influência de referências naturais atuando sobre o nosso cérebro de forma muito positiva e intuitiva. Manter estes elementos presentes no ambiente de trabalho, com certeza vai agregar benefícios na saúde dos usuários e por consequência no resultado das empresas. É uma forma barata e sustentável de se atingir dois nobres e desejados benefícios!

Fontes não citadas no texto:

1.“The physiological parameters of our volunteers showed positive reactions of the bodies from the environment with wood materials and a “wow effect” of the wood on humans. The brain is under less stress, the natural environment is probably more familiar for the brain, or it has fewer stimuli. Wood influences the sensomotoric cortex mostly on the left hemisphere,

which is responsible for analytic thinking and logic” Wood and Its Impact on Humans and

Environment Quality in Health Care Facilities.

Veronika Kotradyova, Erik Vavrinsky, Barbora Kalinakova, Dominik Petro, Katarina Jansakova, Martin Boles,Helena Svobodova Int J Environ Res Public Health. 2019 Sep;

16(18): 3496. Published online 2019 Sep 19. doi: 10.3390/ijerph16183496 PMCID: PMC6766028


2. “Greenery in the office, such as plants and green walls, was associated with higher levels of creativity”.

https://greenplantsforgreenbuildings.org/wp-content/uploads/2015/08/

Human-Spaces-Report-Biophilic-Global_Impact_Biophilic_Design.pdf Mehta R, Zhu RJ.

#escritorioscorporativos #flaviakury #designinteriores #cores #workplacedesign #workplacecollors #neuroarquitetura #biofilia

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo