• Flavia Kury - Interiores Corporativos

Hora do Cafezinho!!!! Pausas Estratégicas e Ambientes de Integração

Atualizado: Abr 30

Acontece pouco, mas ainda me deparo com empresários e CEO’s que pensam que a área de café na empresa serve somente para interromper a produção e pedem que estes espaços sejam minúsculos e escondidos, muitas vezes, na área da saída dos banheiros!



Pessoal! Estamos em 2020! Já adentramos na era das plantas “open space”, da certificação Well e FitWell, das áreas de descompressão, áreas de relaxamento, home-offices etc..... assim, desconsiderar ambientes que propiciem integração entre os times, como o espaço do cafezinho, por exemplo, é seguir contra todas as atuais transformações positivas dos espaços de trabalho. É deixar passar a oportunidade de ouro de proporcionar aos colaboradores um ambiente de troca de informações e experiência, que geram exatamente o diferencial de grandes resultados.


Como dito acima, os layouts de espaço aberto adotado por muitas empresas nos últimos anos, surgiu na percepção de que manter o time conectado, entre eles e seus gestores, tornando a hierarquia o mais horizontal e acessível possível, trouxe melhores resultados de trabalho tanto em qualidade quanto em quantidade.


Percebemos que o ponto alto desse tipo de layout é justamente a possibilidade de interação e integração. Troca de idéias, facilitação no contato e suporte entre funcionários.

Hoje sabemos, através de muitas pesquisas já realizadas, que o ideal em um layout está longe de ser o conceito puramente aberto, por vários motivos, que nos valerá um post específico sobre esse assunto, mas sim, uma planta que, além de ler o DNA da empresa, leve em consideração espaços de integração e espaços de isolamento e concentração.


Sim, a “produção” propriamente dita, se bem estimulada pelo design interno dos escritórios, acontecerá fortemente tanto nos espaços de concentração (suas mesas individuais e salas de reunião) como nos espaços de integração, no cafezinho por exemplo, pois, é justamente nessas pausas informais que os times se encontram para trocar ideias.



Olhando com cuidado para a atual fase COVID-19, essa percepção de necessidade de interação para melhor produção saltou aos olhos! Os dados de uma pesquisa do LinkedIn com 2 mil profissionais realizada em abril de 2020, sobre a exposição ao home-office, revelou que, para os entrevistados, a falta de interação com os colegas de trabalho tem sido impactante: 39% deles se sentem solitários, 30% afirmam estarem estressados pela ausência de momentos de descontração no trabalho e 20% sentem-se inseguros por terem dificuldades em saber o que está acontecendo com seus colegas e sua empresa.


Atualmente, muitas empresas estão em busca de ideias inovadoras, para melhorar a forma de trabalhar dentro de suas organizações e percebem que muitas das boas ideias ou boas ações surgem quando são incentivadas através do ambiente.


Assim, espaços de integração são verdadeiras ferramentas de comunicação dentro da empresa e manter espaços que proporcionem encontros, que estimulem trocas de experiências, passaram a ser indispensáveis.

Podemos falar aqui dos espaços de copa, que podem ser pequenos quando em empresas com poucos funcionários, mas o importante é que sejam espaços acessíveis e agradáveis de ficar, com assentos e espaços de apoio. Para empresas maiores, vale investir além de uma boa copa ou um bom espaço de alimentação, em pequenos “sets de café” espalhados pelos departamentos. A iluminação pode ser diferenciada, uma vegetação pode ser inserida. Lembrar ainda que este espaço é totalmente democrático e recebe colaboradores de todos os níveis de hierarquia, daí a importância de uma correta aplicação de layout, de mobiliário e de decoração. Estimular criatividade, soluções e vontade positiva de trabalhar! É isso que estes ambientes devem proporcionar.

Estudos revelam que ambientes externos são responsáveis por elevar a motivação das pessoas. Pensar no posicionamento das mesas e cadeiras, nos revestimentos que remetam a ordem e natureza, cores e até mesmo plantas podem ser utilizadas como elementos que influenciam na rotina no ambiente de trabalho.

E falando também de motivação individual, proporcionar locais diferentes onde o trabalho pode ser executado e que também permita compartilhamento de espaço colaboram na motivação, como por exemplo, trabalhar em espaços como rooftops, pufes e refeitórios.

Outros ambientes passíveis de se transformar em bons hubs de engajamento são espaços no estilo sala de estar entre os departamentos, o próprio auditório da empresa, a recepção e muitos outros que podem se encaixar de maneira muito positiva a cada tipo de projeto. Veja que não há necessidade de se aumentar espaço na empresa.....mas, com o direcionamento correto, a flexibilização de espaços já existentes também é possível!




Viu que bacana! Tudo vem convergindo para que a melhor produtividade de nossos colaboradores seja alcançada através da melhor qualidade de vida durante o trabalho, isso é bom pra eles, é bom pra nós, é bom para o ser humano!


Que tal trabalhar hoje em um ambiente diferente? Ou, que tal tomar um cafezinho agora e quem sabe, encontrar alguém do time que esteja querendo trocar idéias sobre aquele novo projeto da empresa?! Olha a oportunidade de ouro surgindo aí!


#cafenotrabalho #flaviakuryinteriores #interiorescorporativos #neuroarquitetura


Imagens utilizadas em conteúdo educativo retiradas de acervo do escritório e extraídas da internet. Algumas imagens extraídas da internet não possuíam fonte discriminada, assim, pedimos nos contatar caso seja detentor de alguma delas.


19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo