• Flavia Kury - Interiores Corporativos

Home Office definitivo? Para 74% das empresas no Brasil, a resposta é SIM!

Atualizado: Abr 30

Publicado pela Revista Exame em 29 de maio de 2020, a Pesquisa da Cushman & Wakefield aponta que , para 85% dos executivos, a experiência do trabalho remoto tem mais pontos positivos do que negativos.

Fonte: Flavia Kury Interiores

Exemplo de home office compartilhado entre um casal cliente, ele médico e ela advogada que recebe clientes em casa. Funcionalidade turbinada com a pandemia e que, segundo eles, vai permanecer.


O que as empresas ganham com essa modalidade e como manter um espaço de trabalho para longa permanência, em casa.

Agora é realidade para a maioria das pessoas e das empresas, a eleição do home office como forma de trabalho em período integral.

O que já vinha acontecendo nos últimos anos nas grandes empresas de tecnologia do Vale do Silício, agora é uma realidade experimentada por uma grande gama de empresas no mundo todo, que pode ver no home office, uma forma de beneficiar o seu negócio e o seu pessoal.

Para aqueles que se adequam a essa modalidade de trabalho, e aqui falo tanto das empresas como dos colaboradores, já que o home office não se enquadra a todos, como extrair o melhor dessa nova tendência, considerando saúde, bem estar e produtividade.


No Brasil a vantagem econômica para as empresas pode ser enorme:

  • Economia com Vale Transporte (e só aqui me arrisco a dizer que já vale muito a pena): A redução do deslocamento do funcionário até a empresa lhe permite ajustar estes valores de vale transporte.

  • Economia com manutenção de equipamentos e espaços comuns: menos funcionários presenciais, menor a rotatividade nos espaços, menor uso de agua, luz, sabonetes, papel higiênico, café, etc etc etc

  • Economia com estrutura física ao longo prazo: em alguns casos, poderá até mesmo haver diminuição de espaço físico da empresa. As empresas poderão ainda, adaptar seus espaços físicos criando ambientes de integração flexíveis, muito mais atrativos, efetivos e inspiradores para receber os funcionários de home office, quando estiverem na função coletiva, dentro da empresa.

  • Possibilidade de enquadramento em redução de encargos sociais e de benefícios fiscais.

  • Retenção/atração de talentos: a possibilidade de se trabalhar em home-office poderá ser, para muitos talentos, um diferencial importante na escolha da empresa a se trabalhar. Para muitos, o trabalho em home-office faz parte de uma cultura ao bem estar que, ao lado de outras práticas, pode ser desenvolvida pelas melhores empresas.

  • Em uma pesquisa, “Tendências Globais de Capital Humano de 2018 — A ascensão da empresa social”, 43% das empresas disseram que programas para otimizar a qualidade de vida reforçam a missão e os valores empresariais, 60% acreditam que tais práticas ajudam na retenção dos funcionários, e 61% disseram que ocorre a melhoria da produtividade e dos resultados financeiros.

  • Possibilidade da empresa contratar um especialista de qualquer lugar do mundo! Sim, a empresa pode contratar um talento, independente da distância que ele resida.

  • Recebimento de maior tempo efetivo dos colaboradores. Sem precisar de grandes e demorados deslocamentos, o funcionário consegue proporcionar maior e melhor tempo produtivo. Colaboradores mais felizes, menos doentes e mais inspirados.

Veja o a decisão de algumas das grandes empresas a respeito:


Home office permanente (na forma integral ou parcial):


Twitter: os funcionários poderão escolher se preferem trabalhar de casa quando acabar a quarentena. Os escritórios ficarão fechados até setembro.

Facebook: o fundador da rede social, Mark Zuckerberg, disse que vai “implantar agressivamente a contratação remota”, esperando que cerca de metade de seus funcionários trabalhe remotamente dentro dos próximos cinco a 10 anos.

Qualicorp: o home office fará parte da cultura permanente da empresa, Depois da pandemia, a ideia é que os funcionários trabalham até três dias por semana em casa. A empresa devolveu sete dos quinze andares que ocupa na sede em São Paulo.

Zee.Dog: ir ao escritório não será mais obrigatório. Eles ainda não definiram quando voltarão ao trabalho presencial, mas pretendem adaptar os espaço para segurança dos funcionários e para melhorar a qualidade de interação com equipes remotas.

QuintoAndar: até o final do ano, a startup deixará seus funcionários trabalhando em casa, mas abrirá a opção de home office definitivo para quem preferir após a pandemia.

Mandic Cloud Solutions: apenas seu escritório no Paraná continuará funcionando presencialmente, a equipe toda permanecerá em home office.

Claranet Brasil: a ida ao escritório se tornou opcional e a empresa começou a contratar sem se preocupar com a localização dos profissionais.

Algar Tech: a empresa começou a liberar o home office definitivo por áreas, na primeira etapa do processo, mais de 600 colaboradores já ficarão em casa.



Home office até o final de 2020, por enquanto...


Nubank: o home office será integral até o final do ano para todos os funcionários de escritórios em São Paulo, Berlim, Cidade do México e Buenos Aires.

Google: a gigante de tecnologia afirmou que vai deixar a maioria de seus colaboradores trabalhando de casa até 2021.

Mastercard: a empresa permitirá o trabalho remoto até a disponibilidade de uma vacina ou que os funcionários estejam confortáveis para voltar.

XP Investimentos: a empresa anunciou que o home office será estendido, pelo menos, até o final do ano. Existem uma tendência de que o trabalho em casa se torne permanente para quem preferir o modelo.

Banco BMG: o banco continuará com o home office até o início de 2021; Depois, irá adotar um serviço híbrido, com dias presenciais e dias remotos.

Pipefy: a startup definiu a segurança dos funcionários como prioridade no negócio e ficará com os escritórios fechados até o fim do ano.

Salesforce: os colaboradores poderão trabalhar de casa até o final do ano.

Mycon: 80% da equipe ficará em home office até o final do ano. E eles estudam a possibilidade de manter o modelo para sempre, com pacote de benefícios para o trabalho remoto, como ajuda com a conexão de internet e entrega de equipamentos.

English Live: ainda sem data para voltar, a empresa espera implementar política de home office opcional após a pandemia, com um a cinco dias de trabalho remoto por semana.

Warren: eles vão analisar o retorno de acordo com cada região onde operam, mas o escritório de São Paulo não deve reabrir antes do final do ano.


Home office até o segundo semestre, por enquanto....

Amazon: a empresa de Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, estendeu o prazo do home office para outubro de 2020.

Microsoft: a empresa informou aos funcionários que continuaria o trabalho remoto até outubro.

E Para os colaboradores, como trabalhar de casa sem sobrecarregar a saúde?

Para os colaboradores a maior preocupação agora é com a ergonomia. A expressão “ergonomia” se refere a uma disciplina que estuda a relação da pessoa com o ambiente de trabalho. Os princípios da aplicação seguem uma norma regulamentadora, a NR 17, que busca aumentar a qualidade de vida do colaborador e evitar problemas de saúde ocasionados por condições inadequadas.

Seguem algumas dicas para você implementar no seu home office e garantir bem-estar, produtividade e fluidez no workflow. Acompanhe!



1. Adeque principalmente a mesa e a cadeira.

O cuidado na postura do seu corpo deve ser levado a sério.



Adquira uma cadeira executiva, própria para proporcionar melhor apoio por longo período de tempo. A cadeira deve permitir que seus joelhos e quadris fiquem em um ângulo de 90º. Os pés precisam encostar no chão. Caso não alcance, um pequeno apoio deve ser utilizado. A coxa, por sua vez, precisa estar totalmente apoiada no assento, mas deve deixar um espaço livre de 1 palmo, aproximadamente, após o final do assento. Ela deve ter apoio lombar com regulagem, regulagem de altura do assento e dos apoios de braços. Um apoio para pescoço também é indicado, pois ajuda a relaxar a cabeça e a afastar torcicolos. Almofadas ergonômicas para cervical podem servir, caso a cadeira não tenha esse tipo de encosto. Deve ter níveis para reclinar e rodinhas com altura de 5cm (para se adequarem tanto a pisos frios como carpetes).

A relação entre a cadeira a mesa você ajusta assim: primeiro sente-se na cadeira com as costas totalmente apoiadas no encosto e a ajuste ao seu corpo: ajuste o apoio lombar, a altura do descanso de antebraços (ela deve deixar seus braços e ombros sem nenhuma tenção e em 90 graus nos cotovelos), ajuste a altura do assento para que seus pés fiquem totalmente apoiados no chão. Agora aproxime-se da mesa: ajustar a altura da sua cadeira de forma que o apoio de braços fique na mesma altura final do tampo da mesa. Pronto! Se necessário, ajuste o apoio dos pés com suporte e erga seu monitor, para que você olhe sempre para frente, em linha reta.


A altura da mesa também é importante, mas ela vai variar de acordo com a estatura da pessoa. Para alguém de 1,60 m, a altura de 65 cm é a indicada. Quem mede por volta de 1,75 m, pode usar uma mesa com altura de 70 cm. Estes tamanhos variam de acordo com a proporção corporal de cada um. Hoje já encontramos no mercado mesas com ajustes de altura! Uma maravilha, que te ajuda até mesmo a trabalhar um pouquinho em pé! Se puder escolher a profundidade da sua mesa, já acerte em 60cm.

Caso haja a utilização de notebook, um suporte é necessário na maioria das vezes e neste caso, utiliza um teclado externo. Verifique se o monitor está a uma distância de 50 cm a 70 cm dos olhos e a uma inclinação de 10º a 20º em relação à mesa para assim prevenir a vista cansada.

Use mouse normal ou anatômico, nunca o mini!



2. Invista em conforto



Os móveis também precisam ser confortáveis. Nessa questão, a cadeira é o principal alvo. Evite estofados quentes e pesados, pois, além de aumentarem a sensação de calor, o suor incomoda bastante. Algodão, lucra e nylon costumam ser bem-vindos. Verificar se a cadeira é aprovada pelo laudo NR 17, é um ótimo começo. Além disso, pense na limpeza, pois ela precisa ser fácil para evitar o acúmulo de poeira e de ácaros.


Não são indicadas mesas com tampo de vidro, pois são muito refletivos e possuem temperatura desconfortável.


Se puder e houver espaço, deixe uma poltrona bem confortável, um sofá ou um recamier á disposição no seu home office, para aqueles momentos em que você precisa mudar o foco mas sem perder a atenção, mesmo que você não se sente neles, somente em visualiza-los já fará com que seu momento seja bem melhor!




3. Busque ambientes bem iluminados, ventilados e sem barulho


Além da postura corporal e a altura de móveis e materiais, alguns fatores do ambiente também podem ser negativos à produtividade. A boa iluminação deve ser garantida de modo que não haja sombra no monitor, e tampouco incomode seus olhos. O ideal é que você e seu monitor se posicionem lateralmente á janela, para que a luz incida lateralmente.

Não abra mão da iluminação natural (combine-a com a iluminação artificial, focada sobre a mesa se necessário), pois é ela que manterá seu ciclo circadiano regulado, lhe dando ânimo durante o dia, relaxamento ao final da tarde e sono adequado durante a noite. NUNCA trabalhe em local sem incidência de luz natural.


A ventilação traz conforto e ajuda a renovar o ar. Locais com ventilação natural são os melhores, mas na falta dela, o ventilador e o ar-condicionado são bons substitutos. Procure uma temperatura que deixe tudo mais aconchegante.

Determinados ruídos tendem a perturbar e a irritar, dificultando a concentração. Dependendo da situação, isso deixa a mente ainda mais cansada e predispõe à dor de cabeça no final do dia. Se tiver família e crianças em casa, vale a pena tentar conversar, estabelecer limites e fazer acordos.


Em situações incontroláveis, um protetor auricular cabe muito bem. Playlists com sons de chuva ou mar, ou com suas músicas preferidas de concentração ou relaxamento também são boas opções.





4. Faça pausas e alongamentos


Estipule horário certo para trabalhar, dê preferência aos mesmos horários que você despendia na empresa, e seja fiel a ele.


Mas como está em casa..... você pode fazer pequenas pausas para levar suas horas de trabalho a seu favor. Horas na mesma posição fazem mal para a circulação sanguínea e para a musculatura. A dica para melhorar a ergonomia no home office, então, é fazer pequenas pausas e alongamentos. O ideal é estabelecer um tempo de até 2 horas no seu “timesheet”. Após isso, levante-se, faça uma caminhada até a cozinha ou sala e inclua alguns alongamentos para braços, costas e pernas.


Para quem trabalha muito com dedos e mãos, como trabalhos de digitação e redação, é indicado alongar a musculatura desses membros também. Bolinhas terapêuticas são a salvação e ainda ajudam a relaxar a mente.


Nos momentos de pausa,aproveite também para descansar a vista. Por uns minutos, foque em um ponto bem distante, que pode ser do lado de fora ou de dentro de casa, ou até aquela poltrona gostosa que você deixou ali.



E que tal manter um horário fixo para aquele cafezinho do dia! Sim, prepare seu café, ou chá e leve-o para seu escritório! Escolha aquele cujo aroma te agrade mais. Deixe esse aroma ocupar o espaço e te fazer sentir estimulado e feliz por estar ali!


5. Tenha cuidado com a decoração e as pinturas


De acordo com a psicologia das cores, a tonalidade da parede à sua frente influencia a criatividade, o humor e a produtividade. Vocês vão encontrar diversas fontes de informação a esse respeito, de que o azul acalma, o vermelho excita, a minha dica aqui é: use tons neutros e clássicos, bons beges, cinzas, off-whites proporcionarão a sensação de organização necessária. Deixe as cores mais vivas e fortes para objetos, post-its, livros etc.


De qualquer forma, NUNCA utilize grandes contrastes de cores nas paredes para evitar fadiga visual. O estilo da decoração também conta. Porém, lembre-se que aqui, a sensação de organização é que vai ditar a qualidade da sua concentração e do seu bem estar nos momentos de trabalho.


O minimalismo nessas horas é uma estratégia muito bem vinda.

Buscar a ergonomia no home office é imprescindível não apenas para a sua disposição durante os jobs, mas também para sua saúde física e mental. Essa atividade faz parte de um autogerenciamento do seu bem-estar, que, muitas vezes, exige até mudanças de hábitos. Sendo assim, não negligencie essas questões, combinado?

Aqui deixo uma dica IMPORTANTE para as empresas: Certifique-se de que a estrutura tecnológica e física da casa do colaborador sejam de qualidade e que propiciem o melhor aproveitamento do trabalho: internet, equipamentos de computador, papelaria, mesa, cadeira, iluminação etc. Hoje muitas empresas de mobiliário fazem parcerias com empresas na compra e distribuição de mobiliários adequados ao home-office de seus funcionários. Fale com a gente que podemos lhe ajudar nesse sentido.

Enfim, são muitos os itens a serem verificados nos espaços de home-office, de acordo com as características particulares de cada um, características físicas do usuário, características físicas do espaço, das tecnologias, das atividades, presença ou não de familiares etc, então, caso sinta necessidade, não hesite em procurar por ajuda profissional que possa ajustar todas essas condições pra você.





Nós aqui do Estudio temos pacotes para empresas, de assessoria para home-office de seus colaborados. Podemos ajudar e atender você e seus funcionários onde quer que estejam, bastando que tenham um tablet, ou celular ou laptop com câmera!

Fontes:

Norma Regulamentadora nº 17 (NR 17 – Ergonomia)

https://www2.deloitte.com/br/pt/footerlinks/pressreleasespage/tendencias-globais-de-capital-humano-2018-press-release.html

https://exame.com/carreira/home-office-definitivo-para-74-das-empresas-no-brasil-a-resposta-e-sim/

https://exame.com/carreira/quando-voltar-ao-escritorio-as-decisoes-das-empresas-sobre-home-office/

Imagens utilizadas em conteúdo educativo retiradas de acervo do escritório e extraídas da internet. Algumas imagens extraídas da internet não possuíam fonte discriminada, assim, pedimos nos contatar caso seja detentor de alguma delas.

#designinteriores #homeoffice #flaviakury

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo